Levantamento da Seges identifica perfis de novos auditores

Quinta-feira, 18 de maio de 2017 | Publicado às 17h43

A A

  

A Secretaria de Estado de Gestão, por meio da Escola de Governo, tem realizado consultorias e orientado outras pastas na área comportamental. Entre essas consultorias está a avaliação de competências comportamentais feita com os 25 novos auditores da Controladoria Geral do Estado que gerou um relatório, no qual constam indicações para alocação dos mesmos conforme suas habilidades em quatro áreas estratégicas do órgão: auditoria, controladoria, corregedoria e ouvidoria.

O levantamento do perfil comportamental desses auditores foi feito pelas servidoras da Seges, Mariedith Castro e Luciana Cavalcanti, além da funcionária da Secretaria de Trabalho e Assistência Social, Camila Monteiro dos Santos.

Por meio de entrevistas com os 25 auditores, elas levantaram o perfil de cada um deles, com o objetivo de identificar as preferências de atuação dos candidatos e avaliar o alinhamento do comportamento observável desses novos servidores, com as competências comportamentais definidas para cada função.

A identificação das competências após a posse do servidor no órgão público, antes do efetivo exercício de suas atividades, tem o objetivo de explorar o aproveitamento do capital humano disponível, por meio de seus conhecimentos, habilidades e atitudes.

Para a servidora Mariedith, o fato do candidato ter sido aprovado em concurso público, demonstra adequação em relação ao nível de conhecimento, mas em relação às habilidades, seu entendimento é que é necessário ter capacidade de transformar o conhecimento em ação e atitude. “A atitude geralmente está relacionada com a personalidade do indivíduo, a postura pessoal e profissional, ou seja, seu estilo comportamental”.

​​Levantamento

De acordo com o levantamento foi identificado por ordem decrescente que a maioria tem perfil para atuar na controladoria, auditoria, corregedoria e ouvidoria. A CGE recebeu o relatório da Seges e o usará como um dos critérios utilizados para a alocação dos auditores nas quatro funções de atuação institucional.

Os novos auditores foram habilitados no concurso público realizado em 2015, o qual teve 1.119 inscritos. A nomeação foi publicada no Diário Oficial do Estado do dia 22 de fevereiro/2017. A solenidade de posse coletiva foi realizada dia 20 de abril/2017. 

Desde 27 de março/2017, os novos auditores participam de curso de formação no qual são abordados assuntos  técnico-operacionais inerentes ao adequado desempenho das atribuições do cargo. 

 

Com 120 horas-aula, o curso termina nesta semana, numa parceria entre a Seges/Escola de Governo, a CGE e a Rede de Controle da Gestão Pública do Estado de Mato Grosso, estrutura que reúne 17 instituições, dentre elas o Ministério Público Estadual (MPE), o Ministério Público Federal (MPF), o Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria Geral da União (CGU), o Tribunal de Contas do Estado (TCE) e o Tribunal de Contas da União (TCU). 


Fonte: D`Laila Borges/Seges
Imprimir